Corpo definido! Como acelerar o metabolismo e ainda ganhar mais massa muscular

Um organismo com o metabolismo acelerado funciona com todo seu potencial, e com algumas dicas é possível manter o corpo a todo vapor

Acelerar o metabolismo ajuda a emagrecer e também a
shutterstock
Acelerar o metabolismo ajuda a emagrecer e também a “crescer”. Entenda como tudo isso funciona

É muito provável que você já tenha escutado ou lido por aí que para emagrecer vale buscar maneiras de acelerar o metabolismo – seja por meio da alimentação ou com exercícios do tipo que fazem com que o corpo siga queimando calorias mesmo depois da atividade física , como o queridinho HIIT. Até aí tudo bem, mas como isso ajuda a perder a peso e até a ganhar massa muscular?

Para acabar com dúvidas sobre o tema, batemos um papo com Valentina Benghi Slaviero, nutricionista parceira da Fit Food. Ela explica por que acelerar o metabolismo ajuda a conquistar mais massa magra e ter um corpo mais definido e dá dicas práticas para o dia a dia.

Por que acelerar o metabolismo ajuda a emagrecer e a “crescer”?

Acelerar o metabolismo ajuda o corpo a absorver melhor os nutrientes e, com isso, não há acúmulo de gorduras
Creative Commons
Acelerar o metabolismo ajuda o corpo a absorver melhor os nutrientes e, com isso, não há acúmulo de gorduras

A nutricionista explica que um corpo com metabolismo acelerado é sinônimo de que ele está funcionando em seu mais alto potencial. “Com isso, o organismo tem mais facilidade em utilizar melhor o que comemos como substrato energético para gerar mais energia, logo, queimamos mais calorias”, detalha Valentina.

“Por outro lado, um metabolismo mais lento não consegue absorver e utilizar de forma eficiente esses substratos, ficando mais fácil dele serem acumulados em forma de gordura, completa a especialista. É por isso que os casos de metabolismos mais lentos estão relacionados a ganho de peso.

Quando tudo está funcionando da melhor maneira, o organismo absorve a energia de maneira adequada, sem acúmulos. Além disso, trabalha muito bem. É esse aspecto que ajuda não apenas na questão do emagrecimento, mas também quando objetivo é manter ou ganhar massa muscular .

“Quando estamos com o metabolismo mais acelerado, tudo que comemos é utilizado em seu devido lugar, gerando um aumento de energia e recuperação muscular. Estes são os pilares para a queima de gordura e ganho de massa magra. Ao aumentarmos a massa magra, também queimamos mais, pois músculo queima mais calorias que gordura acumulada!”, explica Valentina.

E os benefícios vão além do emagrecimento e de um corpo definido. “Um metabolismo em sua maior potência absorve muito melhor as vitaminas e os minerais essenciais para nossa pele, cabelo, unhas etc..”, completa a especialista.

Carboidratos, proteínas e gorduras para ter mais massa magra

Boa alimentação ajuda a acelerar o metabolismo e é essencial para manter a boa forma
shutterstock
Boa alimentação ajuda a acelerar o metabolismo e é essencial para manter a boa forma

Se o metabolismo é a maneira como o corpo absorve os nutrientes, prestar atenção no que está ingerindo também é fundamental. Para ter mais massa magra, por exemplo, vale a ideia de ingerir mais proteínas, mas carboidratos e gorduras não devem ser esquecidos.

“Os carboidratos, provenientes de boas fonte, ricos em fibras e de médio a baixo índice glicêmico, ajudam a fornecer glicogênio muscular, logo, dão mais energia e aumentam performance e rendimento no treino”, fala Valentina.

Segundo a nutricionista, esses bons carboidratos são raízes, grãos e farinhas integrais, como arroz e aveia, e frutas. Eles podem ser consumidos in natura ou em diversos snacks e biscoitos que já são facilmente encontrados em mercados. Alguns exemplos são: snacks de batata doce, de vegetais assados, biscoitos e crackers de arroz.

E a proteína, conhecida como um “alimento” do músculo, também não pode faltar. “As proteínas de alto valor biológico e boa digestibilidade fornecem todos os aminoácidos necessários para o aumento e recuperação das fibras musculares que foram desgastadas durante a atividade física”, explica a profissional.

Fazem parte do grupo das boas proteínas as carnes vermelhas, as brancas e os ovos. Quem não consome carne ou é vegano, de acordo com Valentina, pode apostar em leguminosas e produtos feitos com esses itens.

“Os espaguetes de grãos, por exemplo, são opções super completas. Essas leguminosas são excelentes fontes de proteínas vegetais e também possuem uma considerável quantidade de carboidratos, provenientes de fibras em maior quantidade”, sugere Valentina

Eles podem ser consumidos depois da musculação. “Funcionam como um excelente pós-treino pois fornecem os dois macronutrientes juntos, que são fundamentais para acelerar e manter o metabolismo em todo vapor!”, indica a nutricionista.

As gorduras também devem fazer parte da dieta, até para quem quer perder peso. “Por muito tempo achamos que elas faziam mal para saúde, foi a época ‘low fat’. No entanto, isto já virou mito. Hoje em dia, já sabemos como as gorduras são essenciais para o metabolismo e também para quem está querendo emagrecer , pois ao ingerirmos mais gorduras, fornecemos uma energia mais constante e duradoura ao nosso corpo, além de dar mais saciedade, o que nos faz comer menos também”, diz Valentina.

Mais uma vez, é preciso escolher bem as fontes de gordura. O ômega 3, por exemplo, é muito bem-vindo porque, como ressalta a nutricionista, “é um tipo de gordura super anti-inflamatório e antioxidante, essencial para o desenvolvimento neurológico e para manter um corpo em forma”.

Sal na medida certa

Sal na medida certa contribui para acelerar o metabolismo e para manter o corpo bem hidratado
shutterstock/Reprodução
Sal na medida certa contribui para acelerar o metabolismo e para manter o corpo bem hidratado

Ainda falando sobre metabolismo acelerado, até o sal é importante. “O consumo de sal, na quantidade certa, é, sim, muito necessário para o metabolismo como um todo, pois é fundamental na manutenção da hidratação. Também, juntamente com o potássio e magnésio, é um eletrólito que participa de várias funções cardiovasculares e neurológicas, além do equilíbrio dos fluidos e fornecimento de oxigênio”, afirma Valentina.

Mas é preciso ficar claro a questão da “quantidade certa”. A recomendação é não exceder as 5 gramas do item por dia, ou há uma série de prejuízos ao organismo e à saúde, como a retenção de líquido, que além de fazer com que a gente se sinta mais inchado pode levar ao aumento da pressão arterial.

Dicas para acelerar o metabolismo e manter ou ganhar massa muscular

Nutricionista ainda lista o que você pode comer para acelerar o metabolismo e buscar um corpo definido
Nutricionista ainda lista o que você pode comer para acelerar o metabolismo e buscar um corpo definido

É hora de colocar tudo em prática. Além de se dedicar aos exercícios – sempre com o auxílio de um profissional para evitar lesões e outros problemas – algumas dicas de alimentação ajudam a acelerar o metabolismo para conquistar aquele corpo definido e torneado.

Veja a listinha preparada por Valentina:

  1. Fazer um shot ao acordar de 1 limão espremido e abusar de especiarias como gengibre, canela, cúrcuma ou pimenta cayena.
  2. Fazer um bom café da manhã com ovos mexidos, bolacha de arroz e avocado para fornecer gorduras boas e dar saciedade.
  3. No pré-treino, uma ótima opção é café com óleo de coco e canela, além de bolachas de arroz com pasta de amendoim ou um punhado de chips de coco.
  4. Nas principais refeições ou pós- treino, os espaguetes são ótimas opções para acelerar o metabolismo , podendo ser combinados com com salada e mais uma fonte de proteína como frango, peixe, ovos ou tofu.

Fonte: Delas – iG 

Artigos relacionados

Biscoito de arroz é lanche prático e saudável para todos

Leia mais!

Snacks ajudam a moderar a fome e evitar exageros na alimentação

Leia mais!